Comunicação e os transtornos neurológicos

Acho muito interessante o trabalho que algumas novelas já fizeram e têm feito na demonstração das doenças neurológicas. Querendo ou não, este meio de comunicação tem um enorme alcance entre as pessoas e a disseminação da informação é bastante útil. Uma das doenças, que há pouco esteve em voga na mídia, é a esquizofrenia. Essa caracteriza-se por um transtorno comportamental que envolve  delírios, alucinações, isolamento social, entre outros. Acontece que, embora existam pesquisas sendo feitas, até hoje nenhuma base genética ou alteração neuroquímica foi encontrada como causa raiz da esquizofrenia com 100% de certeza médica. No caso desse transtorno, outros fatores influenciam em seu desenvolvimento, são os chamados fatores estressores. Esses fatores estão sempre no ambiente. E quando eu digo ambiente me refiro ao físico, histórico e social. Alguns exemplos podem ser a  mudança de cidade, de escola, um trabalho novo, a morte de alguém próximo, o fim de um relacionamento, enfim, inúmeras situações podem vir a ser estressoras dependendo da pessoa e sua história de vida. A descoberta dos fatores só pode ser detectada por meio de uma visita a uma clínica. Ato que, mesmo nos dias atuais, é visto como condição debilitante. Visto que até bem pouco tempo se pensava que a esquizofrenia era sempre incurável e que se convertia, obrigatoriamente, numa doença crônica e por toda a vida. Hoje em dia, entretanto, sabemos que este não é necessariamente o caso e uma porcentagem de pessoas que sofrem deste transtorno pode recuperar-se por completo e lavar uma vida normal. Outras pessoas, com quadros mais graves, apesar de dependerem de medicação, chegam a melhorar até o ponto de poderem desempenhar algum trabalho, casar-se e ter família. Embora não se possa falar em cura total, a reabilitação psicossocial da expressiva maioria desses pacientes tem sido bastante evidente. O importante é saber que estas pessoas podem chegar a ter funções na sociedade e que o transtorno pode ser, “apenas”, uma fase a ser reabilitada.

Até breve.

Dr. William

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s